Desequilíbrio entre empresas de moda na pandemia deve estimular fusões e aquisições, diz estudo

Desequilíbrio entre empresas de moda na pandemia deve estimular fusões e aquisições, diz estudo

– Um estudo da consultoria Alvarez & Marsal (A&M) mostra que o setor de vestuário, calçados e acessórios de moda brasileiro vive duas faces da mesma moeda. Por um lado, o momento é de crise, com o aumento de pedidos de recuperação extrajudicial e judicial. Por outro, as grandes empresas do setor, capitalizadas, aproveitam a fragilidade de competidores para o movimento de consolidação.

– De acordo com o estudo, o segmento varejista de moda registrou crescimento de 22% nas operações de fusões e aquisições em 2020, na comparação com 2019. Desde dezembro até o fim de junho, a soma das transações chegou a R$ 7,41 bilhões. O movimento foi possível porque as empresas do setor estão com o caixa cheio, após levantarem R$ 13,5 bilhões desde 2019 entre ofertas iniciais (IPOs, na sigla em inglês) e subsequentes de ações.

LINK IN BIO

Theme Tweaker by Unreal